Super Shot Soccer - Review

21 setembro 2013
0 comentários

Não há dúvidas que quem realmente jogou perdeu horas, um jogo que te faz querer saber o poder de cada seleção, isso mesmo PODER! Jogar futebol nunca foi tão divertido, jogo que deixa saudade em quem tinha.

Jogar se torna algo muito divertido, ainda mais quando se pode jogar goleiro e bola para dentro do gol, cada seleção ter poderes diferentes da uma jogabilidade muito boa e faz com que os jogadores queiram jogar com todos os times disponíveis, ao contrário dos jogos de futebol atuais onde os jogadores não jogam nem com 20% dos times.




8.5
Nota Geral
9.0Jogabilidade
0.0História
7.0Música
5.5Gráficos
Segue o padrão dos jogos de futebol
Poderes diferentes para as seleções
Um bom número de times
Atrai a atenção dos jogadores e rende boas risadas
Continuar lendo >>

O que você sabe sobre Blu-ray?

04 dezembro 2012
0 comentários

Saiba tudo sobre a mídia que chegou para dominar o mercado do DVD.

Os discos são usados como mídia de armazenamento há décadas, mas uma nova tecnologia promete desbancar de vez o DVD. 
O Blu-ray começou a ser desenvolvido no ano de 2000 com a principal meta de suprir o mercado com um novo padrão de disco óptico capaz de armazenar uma quantidade de dados muito maior do que o DVD.
Veja este infográfico produzido pelo Ponto Frio que ilustra especificações e curiosidades sobre o Blu-ray com dados de evolução, comparativos, vendas e muito mais!




Infográfico Blu-ray
Infográfico: O que você sabe sobre blu-ray? | PontoFrio.com.
Continuar lendo >>

HD em modo RAW? Saiba como recuperar seus arquivos!

07 abril 2012
55 comentários
Observações antes de começar a falar sobre a postagem: Primeiramente, não é responsabilidade do blog caso você utilize os métodos citados aqui e cause alguma falha ou erro. 
Esses métodos são uma forma de recuperar a tabela da partição NTFS. Caso o HD possua algum outro tipo de problema (por exemplo, problemas físicos como o "barulho da morte"), entre em contato com especialistas em recuperação de dados!


Olá galera! =D
Depois de muito tempo sem postar nada aqui, resolvi compartilhar meu conhecimento sobre recuperação de dados. Nesta semana tive um problema muito chato, fiz um backup num HD sata, aparentemente em bom estado e na hora de voltar o backup... HD em modo RAW! Entrei em desespero!
Graças a horas de pesquisa descobri um método de recuperação da tabela de partição NTFS do HD que entrou em modo RAW.

Então vamos ao mini tutorial sobre como recuperar seus arquivos, vou tentar mostrar o máximo de detalhes possíveis para a solução:

Primeiro vamos fazer o download do TESTDISC. Você deve usa-lo no Windows e estar com o HD que está em modo RAW como slave (secundário)!

Depois de feito o download do programa, descompacte-o e execute o testdisk_win.exe abrirá esta janela:


Selecione a opção >[ Create ] Create o new log file e pressione o ENTER

Nesta tela abaixo selecione o HD que está em modo RAW e clique em ENTER na opção >[ Proceed ]!


Próxima tela como queremos recuperar arquivos que estavam na partição NTFS, vamos escolher a opção INTEL/PC partition e ENTER!


Como na imagem abaixo, vamos entrar na opção Advanced Filesystem Utils

Aqui vamos escolhe a opção TYPE, para mudar a partição que está em modo RAW para NTFS!

Próxima tela pressione ENTER e digite 07 e novamente pressione o ENTER!

Depois disso vamos agora escolhe a opção BOOT!

Na opção BOOT temos essas opções mostradas na imagem abaixo, vamos selecionar a Rebuild BS e ENTER!

Agora selecione a opção LIST e pressione ENTER!

Aqui você poderá ver todos os aquivos que estavam no HD antes de ele ficar em MODO RAW, vamos copiar estes arquivos em outro HD por segurança!

Pressione a tecla "a" (minúsculo) até aparecer as letras em verde como na imagem abaixo!

Pressione a tecla C (maiúsculo) ou shift+c para copiar os arquivos selecionados!
Entrando nesta tela abaixo, mostra o diretório onde está o executável do TestDisk, vamos copiar aqui mesmo para que não haja perigo de perca! E por ser mais fácil! kkkk'

Pressione C (maiúsculo) ou shift+c para colar! xD

Pronto, espere copiar todos os arquivos, de preferencia não utilize o computador enquanto estiver executando esta tarefa!

Dados recuperados com SUCESSO!

Se esta postagem ajudou você divulgue nosso blog e comente nesta postagem!
Ficamos felizes quando nosso trabalho é reconhecido! xD

Pedimos para se não conseguiu fazer as etapas, entrar em contato com uma assistência técnica!

OBRIGADO PELA LEITURA E VOLTE SEMPRE! XD


POSTAGENS RELACIONADAS:

Continuar lendo >>

Silent install: Instalação silenciosa e automática de programas!

28 janeiro 2012
10 comentários

Uma pequena dica de instalação automática e silenciosa de programas para Windows!
O silent install é a instalação oculta para o usuário. Fica apenas visível no gerenciador de processos!

Aqui está alguns comandos para fazer um silent install:

Adobe Reader:
instalador_reader.exe /sAll  
(Testado no Adobe Reader X)

Avast!:
instalador_avast.exe /silent  
(Testado no Avast! Free Antivirus 6)

WinRAR:
WinRAR.exe /s /v /qn
(Testado no WinRAR 3.1)

Windows Live Messenger:
instalador_wlm.exe /wait /q /NOToolbarCEIP /NOhomepage /NOlaunch /NOsearch /AppSelect:Messenger
(Testado no Windows Live Messenger 2009)


Atualizações (Windows XP):
start /wait atualizacao.exe /quiet /norestart


Microsoft Office 2003:
instalador_office.exe /wait /qn


Como fazer um executável Silent Install!

1º - Você irá precisar instalar o WinRAR no seu computador!
2º - Escolha um programa para fazer o seu silent install - Usaremos o Adobe Reader X como exemplo!
3º -  Clique com o botão direito do mouse sobre o executável em que deseja fazer o silent install:
4º - Clique em "Adicionar para o Arquivo" como mostra na imagem acima!
5º - Escolha a opção "Criar Arquivo SFX"!

6º - Na aba "Avançado", clique no botão "Opções SFX"!
7º - Faça com está na imagem abaixo:

8º - Na aba "Métodos", selecione as opções como na imagem abaixo:

9º - Confirme todas as janelas clicando em OK e espere compactar!
10º - Execute o arquivo que você criou e aguarde a sua instalação!
Os comandos para o WinRAR são esses:

Path=%temp%
SavePath
Setup= Comandos para o silent install (Ex.: reader.exe /sAll)
TempMode
Silent=1
Overwrite=1

Esses comando podem ser colocados nos "Comentários" de "Opções SFX"!


Deseja o comando de algum programa não citado acima? Peça nos comentários! xD




Continuar lendo >>

Estruturas em C

14 janeiro 2012
0 comentários

Depois de cerca de 1 ou 2 seculos sem postar aqui no blog(o motivo seria este?), aproveito para me desculpar perante o fundador e os outros colaboradores do BlogIG, venho agora postar um artigo mais ou menos explicativo sobre as estruturas em C, que são umas das coisas mais importantes e decisivos que o C apresenta a quem esta interessado em utiliza-lo!
Primeiro claro vamos a uma breve aula sobre a basicidade do C: A linguagem C ao contrario daquilo que a maioria das pessoas pensa, e uma linguagem de programação bastante direta, não é complicada(ela é complexa) e não complica a vida complicada do programador! O que existe é o que chamo de ignorância acusativa , quando as pessoas acusam algo sem mesmo conhece-las !
Comecemos, o C tem quatro tipo básico de dados: int(variável para guardar valores inteiros positivos ou negativos), float(variável para guardar valores decimais) , char(para guardar caracteres,apenas caracteres) e o double(o double é uma mistura do float e do int), você precisa saber disso porque no C você quando  cria uma variável você tem de especificar o seu tipo.No C não existe o tipo string de forma implicita, o que você tem de fazer é criar um array de caracteres que vão albergar uma string(ideia simplesmente genial) e já agora quando você cria uma array você tem de especificar o seu tamanho resultando em erro no caso negativo.As regras de nomenclatura das variáveis são muito simples, o C difere A de a, ou seja, ele e case-sensitive tanto nas funções como nas variáveis, e as variáveis não podem conter caracteres especiais nem espacos,o underscore( _ ) e o "tracinho"(-) sao exceções a regra.
O que as pessoas precisam entender é que o C e uma linguagem que trabalha na camada mais perto do computador possivel, um programa bem feitinho no C corre 1000 vezes mais rápido do que outro tambem bem feitinho no Python,Ruby,Visual Basic,PHP ou no Java (1000 talvez seja exagero mas...) porquê? Muito simples, o C trabalha com a memoria,o cpu enfim "quase" directamente com o computador, também entenda que isso pode ser perigoso se o seu programa faz coisas "indevidas" ou se ele não se controla e sai por ai disparando ciclos infinitos ou ponteiros que estão apontando para o nada(fica a dica), essa linguagem maravilhosa faz as coisas como você quiser, o C não sabe se voce vai usa-lo no terminal,ou numa interface gráfica ou em qualquer outra coisa por isso ele deixa que você o informe qual vai ser a sua saida,por isso quando você quer imprimir um trivial "Hello World" no terminal (por favor faça esse hello world , assim você chamará os deuses da programação para te acompanharem  e assim as dificuldades não serão nulas mas poucas e solucionáveis a tempo) você deve incluir uma ou duas bibliotecas(stdio e stdlib) para lhe fornecerem funções para poder trabalhar com o terminal( o printf, ou o scanf são grandes exemplos disso), através de chamados preprocessadores (#include <biblioteca.extensao> ou #include "biblioteca. extensão" ).Como funcionam as funções no C,quando você quer criar uma função voce deve pensar e decidir se ele vai retornar algo ou não,porque nessa linguagem as funções estão divididas em 2 ramos: as que não retornam nada(apelidadas de void) e as que retornam alguma coisa(aqui voce vai especificar se a função vai retornar um numero,um caractere ou uma string) isso é uma das engenharias mais bem planeadas que já vi.Bom paremos por aqui,tenho de lhe remeter a ideia de que este artigo nao lhe ensina a programar em C, mas se voce quiser ler algo sobre o C ( LEIA ISTO ,as melhores documentações estão em português brasileiro, por isso,o meu português é uma mistura da portuguesa e da brasileira ).
As estruturas em C impressionaram-me de tal forma que a minha ideia de construir uma linguagem de programação para mim(projecto pessoal, não é nada de reinventar a roda como alguns podem pensar) tomou outra frente, mas porquê, muito simples, o C permite que você crie os seus próprios tipos de dados usando os já existentes(int,float,char e double) isso não é maravilhoso ? Eu não conheço muitas linguagens de programação mas esta capacidade original e esmagadora não abunda por ai fora, se você misturar esse conceito com os ponteiros(um tipo de variável que guarda o endereço de memória de outra variável) você vai conseguir criar algo esmagador(smashing turbo) e que vai impressionar qualquer um.
Uma estrutrura serve simplesmente para guardar tipos de variáveis dentro de si(apenas tipos,ela não guarda nenhuma variavel dentro dela) que possuem algo em comum.Não confunda, quando você cria uma estrutura você cria apenas um conceito de dado, nunca uma variável, pensar que uma estrutura é uma variável e como pensar que o int ou que o char sao variáveis, quando elas são apenas tipos de dados, pense da seguinte forma se o int e o float são tipos de dados, criar uma ]] estrutura e como criar o seu proprio int ou o seu proprio char,so que a estrutura vai ser muito mais rica e forte do que um simples int ou um simples char   porque ela vai ser uma mistura dessas variáveis e ela vai conter um conceito lógico rico e diversificado. Resumindo uma estrutura é um tipo de dado criado por si mesmo,em que o tipo de dados que a constroem possuem uma relação entre si.Bom vamos deixar de ler e falar,escrever e pensar e passar para a prática.
Imagine que você quer criar uma programa para guardar os seus contatos, ele funcionaria como sendo uma agenda, só que ela não precisaria ir na sua bolsa/mochila, ela ficava no seu laptop.Nesse caso precisaríamos de criar um tipo que é o contacto, o contacto seria uma estrutura contendo nela 4 tipos de dados (Nome,Celular,Morada,Email),se você notou precisaremos de 3 strings(ou array de caracteres) para guardar Nome,Email e Morada e um inteiro para guardar o número de celular. Uma pergunta bem lógica seria: Se a estrutura vai conter vários e diferentes tipos de dados como vou acessar cada um? ou no contexto no nosso programa como vou introduzir o nome,o celular,a morada e o email da pessoa se eles estao todos encapsulados(guardados,inseridos,protegidos) dentro da estrutura? É muito simples, para aceder um campo ou elemento de uma estrutura(um tipo de dado que faz parte de uma estrutura) você terá de usar o operador ponto ( . ), ou seja a sintaxe seria: nomeDaVariavel.campo.
Vamos aos códigos que nos interessam.

#include <stdio.h>//biblioteca de entrada e saida padrao(standard input output) 
#include <stdlib.h>//incluir a biblioteca padrao(standard library) 
typedef struct __contacto{
   char nome[20];//string para guardar o nome
   char morada[40];//string para guardar a morada
   char email[20];//string parar guardar o email
   int numeroCelular;//inteiro para guardar o numero de celular
}contacto;
main(){
}

No código acima demos ao luxo de apenas criar a nossa estrutura, ali não existe variável nenhuma, então analisando a nossa estrutura vemos que ela possui quatro campos,um nome temporário ( __contacto ), o seu nome real (contacto),quando você cria uma estrutura você se reserva no direito de omitir o nome temporário, mas sempre deve atribuir um nome a essa estrutura senão não terá como utiliza-la.
Agora voltemos ao nosso código e agora vamos criar as variáveis que guardarão os contactos.


#include <stdio.h>//biblioteca de entrada e saida padrao(standard input output) 
#include <stdlib.h>//incluir a biblioteca padrao(standard library) 
typedef struct __contacto{

   char nome[20];//string para guardar o nome
   char morada[40];//string para guardar a morada
   char email[20];//string parar guardar o email
   int numeroCelular;//inteiro para guardar o numero de celular
}contacto;
main(){
   contacto novoContacto;//criamos uma variavel do tipo contacto
   strcpy(novoContacto.nome,"Lily Duarte");//copiamos Lily Duarte para o campo nome da variavel novoContacto
   strcpy(novoContacto.morada,"C.Praia");//copiamos C.Praia para o campo morada da variavel novoContacto
   strcpy(novoContacto.email,"lily12345_beutll@email.com");//copiamos lily12345_beutll@email.com para o campo email da variavel novoContacto
   novoContacto.numeroCelular = 12389088;
}


Agora sim começamos a criar a nossa agenda em si, e até inserimos algumas entradas nela,mais concretamente o contacto de Lily.Na linguagem C quando você quer popular uma string com algo você tem de usar a função strcpy(string1,string2), aonde ele vai passar a string2 para string1! Repare que a variável novoContacto não possui absolutamente nada e por isso voce nunca vai utiliza-la, o que voce vai utilizar sao os campos do novoContacto mais concretamente(nome,email,morada e celular). Se voce fizer algo como:

novoContacto = "Lily Duarte";


ou algo como:

novoContacto = 12389088;


voce ira receber um verdadeiro pontapé do compilador (e meu se eu estivesse ali) simplesmente porque ele não vai saber aonde guardar esse valor (e eu também não), e também porque sendo novoContacto uma variável estrutura (do tipo estrutura criado por voce) ela seria uma variável composta,ou seja, uma variavel constituida por outras variaveis o que leva voce a ser especifico que subvariavel da estrutura voce esta acessando.
Para que podermos guardar varios contactos na nossa agenda, voce já viu logo que teriamos que criar varias variáveis do tipo contacto, ou seja algo como:



#include <stdio.h>
//biblioteca de entrada e saida padrao(standard input output)
 
#include <stdlib.h>//incluir a biblioteca padrao(standard library) 
typedef struct __contacto{

   char nome[20];//string para guardar o nome
   char morada[40];//string para guardar a morada
   char email[20];//string parar guardar o email
   int numeroCelular;//inteiro para guardar o numero de celular
}contacto;
main(){
   contacto novoContacto;//criamos uma variavel do tipo contacto
   contacto novoContacto1;//criamos uma variavel do tipo contacto
   contacto novoContacto2;//criamos uma variavel do tipo contacto
   contacto novoContacto3;//criamos uma variavel do tipo contacto
}

E  viu que se quiséssemos guardar 100 contactos teriamos que multiplicar a linha acima por 25 e  teríamos um programa totalmente desgraçado,mas voce so faria isso se quisesse ganhar o campeonato de programas instáveis e difíceis de debuggar além de fazer figura de parvo perante aquela garota mais linda da sala e/ou da faculdade (a Lily por exemplo),é aqui que entra o array, porque se  pensar bem, escrevendo 100 linhas em que cada uma cria uma variavel do tipo contacto diferente é o mesmo que criar um array do tipo contacto com 100 posições só que a segunda opção é bem melhor n vezes,então vamos racionalizar e optimizar o nosso programa de agenda:

#include <stdio.h>//biblioteca de entrada e saida padrao(standard input output) 
#include <stdlib.h>//incluir a biblioteca padrao(standard library) 
typedef struct __contacto{

   char nome[20];//string para guardar o nome
   char morada[40];//string para guardar a morada
   char email[20];//string parar guardar o email
   int numeroCelular;//inteiro para guardar o numero de celular
}contacto;
main(){
   contacto novoContacto[100];//criamos 100 variaveis do tipo contacto   
   novoContacto[0].numeroCelular = 12389088;//inserimos o numero de celular do contacto numero 1
   strcpy(novoContacto[80].nome,"Lily Duarte");//inserimos o nome Lily Duarte no contacto numero 81
}

Quando cria um array de um tipo de dado qualquer você está criando n numeros dessa variável que uma forma bem racional e eficaz, e lembre que na linguagem C  o array começa no zero, ou seja, a posição zero(0) guarda a primeira posição, a posicao um(1) a segunda e a posição 99 a centésima posição, porque (0+90 = 100,isso e falando em termos de array e nunca de qualquer outra coisa, numéricamente falar que algo somado a zero da diferente desse algo é um autêntico disparate). Bom se algo esta relacionado com arrays ele vai se dar muito bem com os ciclos(for,while,do-while, entre outros que não conheço) porque os ciclos fazem coisas repetitivas e você vai querer percorrer todo esse array desde a posicao 0 ate chegar a posicao n-1(ou seja um array de 100 posicoes vai de 0 ate chegar 99 porque em termos de array 0+90 = 100,EM TERMOS DE ARRAY)  para fazer qualquer coisa.Então vamos aperfeiçoar o nosso programa e fazer com que ele me pergunte quandos contactos eu quero adicionar e ele vai me dar a oportunidade de guardar todos esse contactos. 

#include <stdio.h>//biblioteca de entrada e saida padrao(standard input output) 
#include <stdlib.h>//incluir a biblioteca padrao(standard library) 
typedef struct __contacto{
   char nome[20];//string para guardar o nome
   char morada[40];//string para guardar a morada
   char email[20];//string parar guardar o email
   int numeroCelular;//inteiro para guardar o numero de celular
}contacto;

main(){

   contacto novoContacto[100];//criamos 100 variaveis do tipo contacto

   int numContactos = 0;
   printf(" ========= Agenda de Ayrton Gomes - Powered By BlogIg.corp ========= \n");
   printf("Quantos contactos quer adicionar? ");
   scanf("%d",&numContactos);
   if(numContactos > 100){
       printf("Agenda so pode guardar 100 contactos.");
   }else{
       int i;
   for(i=0;i<numContactos;i++){
       printf("Insira o nome do contacto %d: ",i+1);
       scanf("%s", novoContacto [i].nome);
       printf("Insira a morada(sem espacos): ");
       scanf("%s", novoContacto [i].morada);
       printf("Insira o email: ");
       scanf("%s",novoContacto[i].email);
       printf("Insira o numero de celular(sem espacos): ");
       scanf("%d",&novoContacto[i].celular);
    }
}


Coisas ditas sem sentido,erros ortográficos, erros de natureza geral, confusão em relação a alguma coisa,alguma coisa dita e que não corresponde a verdade? Qualquer coisa por favor comente. Se copiar o artigo por favor cite a fonte! Que Deus vos abençoe ! Ayrton Gomesz 2012
Continuar lendo >>

Jogos de lógica #1: Chatnoir

10 dezembro 2011
0 comentários


Objetivo do Jogo: Cercar o gato nos círculos escuros!


Obs.: Esta postagem é continuação do Light Bot - Divirtam-se! xD
Continuar lendo >>

Google+: Aprenda a usar seus recursos!

15 outubro 2011
0 comentários



Google+: Descubra os Círculos


Google+: Descubra os Hangouts


Google+: Descubra as Configurações

Acesse o Google+: https://plus.google.com/
Instale o Plugin do Hangouts: Clique aqui
Continuar lendo >>

Humor Geek: Seleção de Imagens [11]

28 agosto 2011
0 comentários
Tire suas próprias conclusões... kkkk
Clique nas imagens para ampliar. Não suportado no IE9. "use um navegador que preste!"



What?




Criativo, não acham?



 Não entendeu? Leia a tirinha abaixo:








Continuar lendo >>

SSH Para iniciantes

25 agosto 2011
0 comentários


Pode parecer fácil para muitos, e uma dor de cabeça para outros, fato é que ninguém nasce sabendo SSH então hoje o post vai pra você que vai ter que se virar pra aprender isso!


Com o tempo a linguagem do SSH se torna pratica a fácil desde que sempre praticada, usuários de linux com experiencia com o terminal tem mais facilidade para aprender CLARO, mas a diferença nem chega a ser tanta, então chega de bla bla bla e vamos aos comandos básicos.


Primeiro Passo
Você tem o ssh na máquina?
Abra o terminal e digite o seguinte comando:

Terminal
elian@Saruman:~$   ssh

Se o resultado for algo como abaixo você tem o SSH já instalado na sua máquina.


EXEMPLO:
Terminal
elian@Saruman:~$ ssh
usage: ssh [-1246AaCfgKkMNnqsTtVvXxYy] [-b bind_address] [-c cipher_spec]
           [-D [bind_address:]port] [-e escape_char] [-F configfile]
           [-I pkcs11] [-i identity_file]
           [-L [bind_address:]port:host:hostport]
           [-l login_name] [-m mac_spec] [-O ctl_cmd] [-o option] [-p port]
           [-R [bind_address:]port:host:hostport] [-S ctl_path]
           [-W host:port] [-w local_tun[:remote_tun]]
           [user@]hostname [command]

Caso você não tenha use o comando



Terminal
elian@Saruman:~$   sudo apt-get install openssh-client



esse comando irá instalar o SSH Cliente em sua máquina, para que seja possível acessar outra, caso queira liberar o acesso da sua máquina use openssh-server ao invés de openssh-client.


Comandos Básicos
Logar via SSH
Para logar via SSH abra o terminal e digite o seguinte comando:


Terminal
elian@Saruman:~$   ssh usuario@ip_da_maquina

Onde USUARIO é o nome do usuário da maquina que está tentando logar e IP_DA_MAQUINA é? o ip do servidor propriamente dito, logo em seguida aperte <ENTER> e o terminal vai pedir a senha da máquina na qual você está tentando se conectar.


EXEMPLO:
Terminal
elian@Saruman:~$   ssh gandalf@10.42.43.1
gandalf@10.42.43.1's password:



E então o servidor te dará uma mensagem de boas vindas.
Você também pode logar por SSH com o modo gráfico ativo, assim você poderá executar comandos para abrir ambientes gráficos da máquina que está logado desde que os mesmos estejam instalados, por exemplo o comando firefox, desde que o mesmo esteja instalado no servidor ao passar o comando você vai visualizar o firefox de dentro da outra máquina, legal não? pará isso você deve logar usando o parâmetro -X  logo depois de ssh da seguinte forma:

Terminal
elian@Saruman:~$   ssh -X usuario@ip_da_maquina

Uma vez logado estaremos passando os comando direto a máquina na qual entramos, vamos aos comandos mais usados.


Para copiar arquivos de uma pasta para outra:
Terminal
gandalf@Sauron:~$   cp arquivo novo_arquivo



Para copiar uma pasta e seus arquivos de modo recursivo use
Terminal
gandalf@Sauron:~$   cp -r pasta pasta_destino

Para mover arquivo
Terminal
gandalf@Sauron:~$   mv arquivo arquivo_destino

Para apagar um arquivo use
Terminal
gandalf@Sauron:~$   rm nome_do_arquivo


Para renomear um arquivo use o mesmo comando de mover


Para logar como root
Terminal
gandalf@Sauron:~$   sudo su
Para executar comandos como root use sudo antes do comando.



Para sair

Terminal
gandalf@Sauron:~$   exit






Para copiar arquivos da sua maquina para a outra maquina use:
Terminal
elian@Saruman:~$   scp -r pasta usuario@ip_da_maquina:/destino
Esse comando é pouco mais difícil  note que para enviar arquivos da sua máquina para outra você não pode estar logado na outra maquina via SSH, pois se estivesse logado estaria executando o comando na outra máquina e não na sua.


EXEMPLO:
Terminal
elian@Saruman:~$   scp -r blog gandalf@10.42.43.1:/home/gandalf
Nesse caso eu estaria copiando a pasta BLOG da minha máquina para a pasta do usuário na outra máquina.
Para copiar da outra máquina para a minha o comando é o mesmo, basta inverter a ordem.





Espero ter ajudado alguém com essas dicas, e até a próxima.
Continuar lendo >>

Jogos para web, MMO e RPG

23 agosto 2011
0 comentários

Muitos desenvolvedores já se perguntaram, porque não desenvolver jogos?
É uma pergunta que muitos não se respondem, outros tentam mas sem sucesso e poucos levam isso pra frente, e isso é completamente natural pois o desenvolvimento de jogos exige um certo estudo mais aprofundado, de maneira rápida e mais simples possível posso dar algumas dicas para quem quiser se aventurar.

1) O que eu devo saber para ter sucesso com suas dicas?
R. Basicamente você precisa ter experiencia com desenvolvimento e conhecimentos básicos em redes, servidores, e algum conhecimento em AS3 (Action Script) a linguagem do bendito flash.

2) Como faz então?

Primeiro você precisa entender que um MMO precisa de um Servidor virtual, o servidor pode ser criado por você mesmo, basicamente ele precisa abrir uma porta, e te conectar a ela de modo que enquanto você estiver jogando a conexão fique o tempo todo ligada ao servidor, em linguagem de nerd o servidor não pode te desconectar daquela porta, mas porque?

Imagine que um servidor comum como os que usamos frequentemente como, apache  e família  eles funcionam com requisição, eu faço uma requisição o servidor me da uma resposta e encerra o "papo", esse servidor nosso tem que ficar com a conexão em pé para que o meu computador possa receber os dados transmitidos de outro computador, isso é feito por SOCKETS, há modos de se fazer isso em servidores apache e tudo mas, no entretanto vamos usar um servidor feito pra isso já, que tem bons resultados comprovados e lhes garanto que funciona.


Não vou perder tempo explicando como funciona, mas no site tem todas as instruções, é um produto da gotoAndPlay(), e existe a versão free pra você poder brincar, é multi-plataforma eu lhes garanto isso pois uso um windows, mac e linux, não é tão complexo como muito outros, enfim eu recomento a versão SmartFoxServer PRO.

Ele tem vários exemplos em flash e flex para você ficar por dentro de como funciona, ele roda bem com Flash, Flex, Java, Unity e muitas outras ferramentas para games, fora que ainda tem um material completo documentado no próprio site (Clique na imagem acima).

Mas como não precisamos só de servidor, para o MMO precisaremos de algo para gerenciar os mapas e e tudo mais, para isso recomendo o uso de outra ferramenta muito boa, e com casos de sucesso, com uma base enorme já, para jogos isométricos.



Clique na imagem para acessar o site, ele também contem um grande conteúdo de documentação, com todas suas classes e métodos bem documentados, com esse material em mão e um pouco de dedicação, você não vai estar mais as "cegas" para desenvolvimento desse tipo de jogos, fora que é fácil para desenvolvimento de jogos ao estilo, Habbo, Colheita Feliz, PetPet Park dentre muitos outros, espero ter ajudado, qualquer dúvida sobre esses tipos de jogos entrem em contato por email e se for uma pergunta interessante me coloco a disposição de vocês para responder e postar dicas interessantes aqui.

Email: elian@cyanu.com
Continuar lendo >>